O presidente da Comissão de Defesa dos Animais da Câmara dos Vereadores do Rio, Luiz Carlos Ramos (Pode), apresentou um projeto de lei pedindo que os fogos de artifício sejam proibidos na cidade. Segundo ele, o barulho incomoda tanto os animais quanto bebês, crianças e idosos.

“Copacabana pode trocar a barulheira da pirotecnia por um festival de luzes, por exemplo”, sugeriu o vereador, de acordo com o blog do jornal Ancelmo Gois, no O Globo.

Projetos como esse têm surgido pelo Brasil e causado controvérsia. Em São Paulo, por exemplo, foi sancionada uma lei, em maio deste ano, que proíbe o manuseio, utilização, queima e soltura de fogos de estampido ou artefatos pirotécnicos de efeito sonoro ruidoso na cidade.

Noticias ao Minuto