Ultimas

Jornalista conta o drama que viveu no Clériston Andrade

Realmente só sentimos a fragilidade do Sistema Público de Saúde quando algo acontece conosco ou alguém próximo. Hoje (31) foi comigo. Acordei e segui para o trabalho. Chegando lá, o inusitado aconteceu. Fui picada por um animal não identificado no dedão do meu pé direito. Me desesperei ao ver o tamanho do animal, que se debatia no chão. Provavelmente eu pisei nele e a reação foi imediata: ele me atacou.

Apesar de ter plano de assistência à saúde, segui para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), pois fui informada que lá possui um setor especifico para tratar pacientes com picadas de animais peçonhentos e, por desconhecer o que tinha me atingido, tomei a decisão correta de ir direto para o Clériston.

Chegando lá, os problemas começaram. Apenas uma atendente atendia na emergência, que não estava cheia. Cinco pessoas aguardavam a atendente, pacientemente, preencher os formulários. Fiz a ficha e segui para o interior do hospital. Isso aconteceu por volta das 6h20 da manhã. Entrei no corredor principal e me assustei com a quantidade de macas aglomeradas pelos cantos. Contei 12.

Pacientes com diversos tipos de doenças, recebendo o atendimento ali mesmo, no corredor. Segui para a sala de medicação e fui informada pela enfermeira de plantão que o médico chegaria em instantes. Ela pediu que eu aguardasse o atendimento sentada em algum banco do corredor.

O aspecto do hospital não é dos melhores. Não pude deixar de registrar dois cobertores jogados num canto de parede e as más condições em que se encontram as macas e os equipamentos em geral. O cheiro nada lembra o de éter a que estamos acostumados sentir em hospitais. Não sei bem definir o odor que exala do Clériston, mas não é agradável ao olfato. Permaneci em pé, aguardando o médico, pois os bancos estavam ocupados por parentes e acompanhantes.

Encosto numa parede e começo a observar o movimento dos corredores. Cheguei no momento da troca de turno e percebi que, independente do substituto chegar ou não, quando dá o horário, o cartão é batido e o posto fica imediatamente vazio. São os acompanhantes que ajudam os pacientes a trocar de roupa. Ali mesmo, no corredor. Com o auxílio apenas de uma espécie de provador móvel, daqueles que a gente encontra em loja de roupas. Fiquei constrangida em vê-los despidos. O mesmo banheiro é compartilhado por homens e mulheres, doentes ou não. E fica dentro da sala de medicação, em frente ao consultório do médico, que ainda não tinha chegado.



Perguntei a um funcionário que passava pelo corredor:

- Cadê o médico? A resposta foi imediata: “Está tomando café”.

Respeitei, pois entendo que o plantão dura a noite toda e o médico também tem o direito de se alimentar. Mas, já passaram 30 minutos e eu ali, em pé, aguardando o atendimento.

E a minha dor? Meu pé doía, estava dormente. Mas, ela ficou pequena diante de uma senhora que chegou gemendo em uma cadeira de rodas. Ela também ficou aguardando o médico.

Perguntei a enfermeira:

- Onde está o médico?

- Está vindo, ela respondeu.

Ouvi essa frase 6 vezes, pois impaciente, fiz a mesma pergunta a funcionários diferentes. 7h40 o médico chegou e logo foi abordado pelos acompanhantes dos doentes. Esperei as pessoas saírem e perguntei se seria atendida logo, pois cheguei primeiro.

Ele me disse que a senhora da cadeira de rodas deveria ser atendida primeiro e eu me senti egoísta por não ter compreendido que ela precisava mais dele do que eu. Aguardei na porta do consultório e vi o momento que ela lutava, sem sucesso, para levantar da cadeira de rodas.

O médico sentou atrás da mesa e permaneceu imóvel observando a luta da senhora e de sua acompanhante (com aparentemente 50 anos) para colocá-la na maca, que estava sem lençol. Meus olhos não acreditaram quando viram a senhora subir na cadeira de rodas para alcançar a maca, pois a escada não estava presente. Enfim, depois de um tempo, ela conseguiu.

O médico fez o atendimento em menos de 15 minutos e logo me chamou. Entrei e permaneci em pé. Sinceramente, não queria sentar naquela cadeira suja e com o forro furado. Mas, ele pediu que eu me sentasse. Ele me perguntou do animal e eu o informei que não conseguimos capturá-lo. Ele disse que, aparentemente, não era nada e eu acreditei. A essa altura, se fosse um animal peçonhento, eu já teria apresentado sintomas de febre, tonturas, o que não aconteceu.

Ele afirmou que eu não tinha necessidade de tomar antídoto, me passou um analgésico, e recomendou que eu permanecesse um tempo em observação. Peguei a receita e segui para a sala de medicação. Em um canto, um homem deitado numa poltrona antiga recebia soro. A única maca presente estava ocupada pela senhora da cadeira de rodas. Sobraram dois bancos, para eu e mais três pessoas. Entreguei minha receita para a enfermeira e aguardei.

Enquanto aguardava o remédio comecei a pensar no quanto sou sortuda por possuir um plano de saúde e não precisar passar por uma situação dessas sempre. É humilhante. Os funcionários, enfermeiros e até os médicos mal olham no nosso rosto. Lembro de uma enfermeira ter dito para sua substituta na troca de turno:

- Tá tudo certo, nada de anormal.

Fiquei paralisada com a informação. Como tudo certo? Só posso ter perdido o conceito de certo e errado, pois não considero certo, nem humano, uma pessoa ficar horas em um corredor aguardando atendimento. É um direito que assiste o cidadão, não é um pedido. Só tinha uma enfermeira atendendo, eu não aguardei a medicação. Não esperei a ficha. Saí do hospital o mais rápido que pude e voltei para o trabalho em prantos. Chorei por mim, por medo de ter alguma reação à picada. E chorei muito mais pelas pessoas que passam por isso todos os dias. Me senti impotente, pois fazer esse relato, no momento, é a única forma de mostrar a minha indignação com os serviços de saúde que são oferecidos ao cidadão.

Fonte: Acorda Cidade Roberta Costa

II Conferência da Juventude de Baixa Grande será nesta sexta-feira dia 2

A Secretaria Municipal de Administração Geral do Município de Baixa Grande, está mobilizando a juventude para participar da II Conferência Municipal da Juventude, que acontecerá nesta sexta-feira, dia 2 de setembro, da 08 às 17h, no Salão Paroquial, localizado na Praça Manoel Ribeiro Soares, centro de Baixa Grande.

Para a secretária municipal e advogada, Drª Juliana Cerqueira, esta é mais uma oportunidade democrática que a juventude tem para interagir ente si os anseios que mais afligem a todos. Estarão sendo debatidos e avaliados temas como: Desemprego, Drogas, Alcoolismo, Musicalidade, dentre outros assuntos.

“Esperamos e contamos com a presença de todos. Jovens, pais, professores, legisladores e membros do judiciário. O poder público está abrindo um canal de discução e através dele a participação da juventude se faz necessária”. Afirmou a secretária Juliana Cerqueira.

O evento será organizado pela Prefeitura de Baixa Grande, Câmara de Vereadores, ASSEB, Pastoral da Juventude, STR e Sicoob Grande e obedecerá ao calendário que antecede as etapas: estadual e nacional.

Por Jorge Luiz:
Assessor de Comunicações da Prefeitura

Campanha recolhe arma de número 500 em Feira de Santana

A campanha de desarmamento na cidade de Feira de Santana, a 100 km de Salvador, recolheu 510 armas até terça-feira (30). A campanha foi lançada há um ano.

Uma pistola de dois tiros é a arma de número 500 e foi entregue na segunda-feira (29) por uma mulher. Na terça (30), dez pessoas seguiram o mesmo exemplo e entregaram as armas na Casa da Paz.

"A entrega é totalmente anônima. A gente danifica as armas na frentes dos doadores, antes da entrega do protocolo", explica o coordenador da campanha Clovis Nunes. Este ano, o governo fez algumas alterações na campanha para incentivar a entrega voluntária. A pessoa não precisa mais se identificar e o pagamento da indenização pode ser retirado em menos de 24 horas em qualquer caixa eletrônico do Banco do Brasil. Para isso, basta digitar o número do protocolo e uma senha que são gerados no ato da entrega. De acordo com o tipo de arma, a indenização varia de R$ 100 a R$ 300.

Crimes

Feira de Santana registrou 265 assassinatos este ano, até terça-feira (30). No ano passado, ocorreram 397 homicídios, sendo que 335 pessoas foram mortas a tiros no mesmo período.

Segundo o comandante do 1° Batalhão da Polícia Militar, muitas dessas mortes foram provocadas por armas de fogo roubadas de cidadãos. Ele lembra que a população precisa entender que arma não é o instrumento mais eficaz para proteger a casa.

"A arma é um instrumento de defesa na mão da polícia devidamente preparada. Fora disso, ledo engano ter arma em casa achando que será útil na defesa da ação criminosa", alerta

Campanha de Desarmamento

Durante o lançamento do projeto Pacto pela Vida, em junho de 2011, foi assinado um acordo de cooperação entre o Estado e o Ministério da Justiça para implementação de ações da Campanha do Desarmamento na Bahia.

Entre outras ações, o acordo prevê a implantação de postos de coletas de armas de fogo, além de acessórios e munição, em parceria com os municípios baianos e representantes da sociedade civil.

A entrega de armas e outros itens que fazem parte da campanha é realizada nas unidades da Polícia Federal de Salvador, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Ilhéus e Porto Seguro.

Do G1 BA, com informações da TV Subaé

Cartórios baianos serão privatizados

Passando por cima do entendimento do Tribunal de Justiça (TJ) e até da ministra do Conselho Nacional de Justiça, Eliana Calmon, que consideram inconstitucional a privatização dos 1.463 cartórios extra-judiciais de uma única vez por ferir o direito do servidor, o projeto-de-lei que trata do assunto foi aprovado por unanimidade, nesta terça-feira, 30, por 60 dos 63 deputados da Assembleia Legislativa. Servidores do Judiciário que lotaram as galerias da Casa comemoraram o resultado da votação.

Após a sanção do governador Jaques Wagner (PT), os serventuários de cartórios terão 120 dias para optar por continuar como servidores públicos ou migrar para o regime privado. Na prática, a população terá acesso ao serviço privado em 2012 já que o TJ terá quatro meses para arrumar a casa. Isso se não entrar com recurso jurídico, como antecipou a presidente do TJ, Telma Brito.

O deputado-relator, Zé Raimundo (PT), acredita que “houve avanço e que o serviço, com certeza, vai melhorar”. Já o líder governista, Zé Neto (PT), questionado sobre a ameça do TJ, de buscar recurso jurídico, afirmou que “ter ou não vulnerabilidade jurídica não é fator balizador para votar ou não um projeto dessa dimensão, importante para a população”.

Fundo de Compensação - Até a privatização total, o Judiciário terá de lançar edital de concurso público para os titulares (tabeliães) dos 584 cartórios vagos. Isso porque, embora parte do setor empresarial, tabeliães prestarão serviço público, o que prevê concurso. O TJ que já havia começado a organizar seleção para preenchimento dessas vagas, mesmo antes da aprovação da lei, precisará adequar os critérios à nova legislação aprovada.

O Judiciário terá, ainda, de enviar, o quanto antes, outros projetos-de-lei ao Legislativo estadual como o que regularizará o inevitável reajuste das taxas cobradas pelos atos, ou seja, as custas (leia abaixo). E outro, fixando o percentual que deverá receber a partir da Taxa de Fiscalização, que será a parte que caberá ao TJ do lucro obtido pelos cartórios.

Em 2010 os cartórios extra-judiciais arrecadaram R$ 138 milhões, segundo o tribunal. O controle dessa arrecadação será feito principalmente pelo selo fiscal, que valida qualquer ato e documento feito pelos cartórios.

A discussão sobre a desigualdade de arrecadação entre cartórios localizados em grandes e pequenos centros urbanos, o que poderia prejudicar estes últimos, foi resolvida, na opinião dos deputados, com a criação do Fundo Especial de Compensação (Fecom). Do lucro obtido pelos cartórios, 23% vai para o Fecom e 2% para a Defensoria Pública, que há anos se queixa de falta de recursos.

O Fecom será administrado por um Conselho Gestor composto por sete integrantes: dois representantes indicados pelo TJ (corregedores), 3 indicados pelos notários, um indicado pelo Sindicato dos servidores do Judiciário e um presidente, que só vota no empate, e que será um secretário administrativo do TJ.

Planserv - Nesta quarta, 31, é a vez da votação do Projeto de Lei que altera o Plano de Saúde dos Servidores Públicos (Planserv) e por isso a categoria continua paralisada. Ainda segundo Dias, as duas questões são de grande interesse dos funcionários do judiciário.

A assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça da Bahia não soube informar quantos cartórios paralisaram as atividades nesta terça, mas garantiu que o TJ Express e o Núcleo de Atendimento Judiciário (NAJ), no Shopping Baixa dos Sapateiros, funcionaram.

Regina Bochicchio: A Tarde

Assentamento Dom Mathias em Ipirá comemora inauguração da rede de energia elétrica trifásica

Inaugurado no último sábado, 27, o Projeto Luz para todos do Assentamento Dom Mathias.
A luta pela conquista da instalação da rede elétrica, vem sendo, desde a criação do assentamento Dom Mathias, uma prioridade. A energia elétrica, além de todos os benefícios que ela proporciona, para o assentamento representa, também, a possibilidade de desenvolvimento do embrião agroindustrial o qual se propõe a COOADMI (Cooperativa Agroindustrial Dom Mathias de Ipirá LTDA).

Diversas foram as solicitações junto aos Órgãos Públicos competentes, sendo, inclusive, ponto de pauta de reivindicação do movimento Luta Camponesa, por intermédio de seus coordenadores estaduais Amilton Pinheiro e Antonio Matos, para, enfim, vê-se realizado aquele sonho. A energia elétrica em rede trifásica, quer pelo custo, quer pela capacidade disposta, foi um dos maiores entrave à sua consecução. Prova disso, poucos são os povoados em nosso município que dispõem de tal feito.

A chegada da rede elétrica, “ilumina” sonhos e novos avanços a serem conquistados pelo Assentamento. Agora, diversos planejamentos em estudos poderão ser viabilizados, e mais, é melhoria da qualidade de vida daquela Comunidade.

As conquistas não param, “A comunidade aguarda a chegada de um resfriador de leite, trator e maquinários para beneficiamento de artigos produzidos pela agricultura familiar”, falou Crizanice Ramos, representante do movimento das mulheres e integrante da equipe que organizou o evento.

É marca da agricultura familiar, gerar renda para o homem do campo com sustentabilidade e aproveitamento dos recursos naturais de forma consciente.

Os valores e a simplicidade do homem do campo nos enchem de orgulho. Se em vida, estaria muito feliz, o saudoso Dom Matthias, incentivador e colaborador do movimento de reforma agrária em nosso município. Oassentamento que leva seu nome, conseguiu partilhar a terra, somar vitórias e, extrair do sofrimento da luta cotidiana, a fé e a esperança. Aqueles pais e mães de família que não fugiram à luta, estão conseguindo educar e criar seus filhos naquela localidade, sem perder de vista a honestidade, o respeito, a coragem e a perseverança. Com esse foco, as ações do Assentamento Dom Mathias vem servindo de modelo para outros assentamentos.

“Não existiria cidade grande e desenvolvida se não houvesse o braço do homem do campo. Somos hoje, uma comunidade de produtores rurais. A luta para se chegar até aqui foi muito grande e quando eu olho para trás e vejo a trajetória que fizemos, encho-me de orgulho. Primeiro por acreditar nos ideais deixados pelo Bispo Dom Mathias, segundo pela ação coletiva de todos os nossos companheiros que sonharam junto com agente e, terceiro, por ter colaborado enquanto liderança sindical...Nossa caminhada é longa, a chegada da energia, representa a superação de apenas uma meta, outras ainda estão por vir.” Palavras do presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Arnor Pereira de Santana.

A comunidade Ipiraense marcou presença no evento. Compareceram lideranças políticas locais; o Assessor da Presidência da EBDA, Thiago de Andrade Figueira; Ailton Florêncio, Coordenador Executivo da SEDES; José Vivaldo Mendonça Filho, Diretor Executivo da CAAR; Marcos da Silva Nery,  Superintendente Subistituto Executivo do INCRA-BA; Gildeon Farias, Gerente Adm. Financeiro da COPOFASULBA. O evento teve termino com noite cultural, com apresentação do cantor Cescé

 Fonte: www.stripira.tk

Cirurgias bariátricas são suspensas por falta de repasse de verba na Bahia

Mais de 600 pessoas têm obesidade mórbida e aguardam na fila por uma cirurgia de redução de estômago, em Itabuna, no sul da Bahia, de acordo com a ONG Casa do Obeso. As operações deveriam ser feitas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), mas, segundo a Santa Casa, foram suspensas por conta do atraso no repasse da verba pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). Cada cirurgia custa em média R$ 5 mil.

O hospital informou que as cirurgias bariátricas foram suspensas porque as 28 já realizadas pelo SUS em Itabuna ainda não foram pagas pela Sesab. A dona de casa Isabel Cristina de Souza guarda fotos da sua chegada ao Hospital Calixto Midlej Filho, no dia 17 de agosto, para fazer a cirurgia de redução de estômago. Ela chegou a ficar internada por quatro dias e fez todos os exames, mas a cirurgia não foi realizada. Isabel teve que voltar para casa.

A dona de casa pesa 260 kg e, segundo os médicos, a situação dela é grave. "Eu não adoeço, não sofro e não choro só. Eu tenho uma filha de 14 anos, outra de 10 e um menino de 5 anos. Os meus filhos, se vocês chegarem para perguntar o que eles querem eles vão dizer: 'opera minha mãe, eu quero ver minha mãe melhor'. Isso dói muito", diz a dona de casa.

A ONG Casa do Obeso reúne cerca de duas mil pessoas com a doença na cidade. Seiscentas estão na fila de espera para fazer a cirurgia de redução de estômago. O presidente da ONG, Tony Emerson de Oliveira, esteve em Salvador para tentar resolver o impasse. "No final das contas nada foi resolvido. Nessa situação é que não pode ficar, só o obeso sabe o que é o sofrimento", explica Tony Emerson.

De acordo com a ONG Casa do Obeso, as 28 cirurgias não pagas foram realizadas nos meses de junho, julho e agosto de 2011. Mas a Secretaria da Saúde do Estado diz que a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna não teria informado sobre esse atraso nos pagamentos.

O médico cirurgião Fábio Messias esclarece que a prefeitura de Itabuna é responsável pelo pré e pós-operatório, mas também não estaria cunprindo o acordo. "Sem o repasse do Estado e também da prefeitura, que ficou com a responsabilidade do pré e pós-operatório, a gente infelizmente não está podendo demostrar que pode resolver isso [os problemas das cirurgias bariátricas] aqui no interior da Bahia", completa.

A Sesab informou que não há atraso no pagamento das cirurgias feitas até agora e que o repasse da verba estão previstos para ser feitos entre os dias dez e quinze de setembro. Segundo informações da prefeitura de Itabuna, em até quinze dias o acompanhamento pré e pós-operatório deve ser regularizado. O órgão disse ainda que só aguarda o processo final de licitação.

Do G1 BA, com informações da TV Santa Cruz

Violência na Bahia vira destaque do The New York Times

Nesta terça-feira (30), a violência na Bahia virou assunto em matéria da edição online do The New York Times, um dos principais jornais do mundo. A reportagem conta que o estado nordestino foi afetado por uma onda de violência que antes caracterizava, especialmente, as grandes cidades do sudoeste brasileiro como Rio de Janeiro e São Paulo.

O jornalista Alexei Barrionuevo abriu a matéria descrevendo a cena de um crime ocorrido no mês de julho contra um jovem de 20 anos. Sem deixar de narrar o ambiente e a intensidade da violência, que vem se tornando corriqueira, o autor da matéria alertou para a frieza do assassinato.

Na reportagem, é chamada a atenção para o aumento significativo da taxa de homicídios no Nordeste, que quase dobrou nos últimos 10 anos. No RJ e SP esse índice registrou uma queda de 47% no período de 1999 e 2009, segundo estudo realizado por José Maria Nóbrega, professor de ciência política da Universidade Federal de Campina Grande. O tráfico de drogas é apontado como um dos principais causadores do crescimento destes registros.

O governador da Bahia, Jaques Wagner, falou ao repórter do NYT que o progresso social no Brasil é visível. "Se o mercado consumidor está crescendo, o traficante de drogas virá aqui também", disse.

O número de assassinatos na Bahia cresceu 430%, entre 1999 e 2008. Segundo o Dr. Nóbrega, no ano passado a taxa de homicídios do estado. de 34,2 por 100.000 habitantes, foi superior ao do Rio de Janeiro, que caiu para 29,8.

Uma das preocupações do NYT foi ressaltar que a capital baiana, Salvador, é uma das maiores atrações turísticas do Brasil e uma das cidades co-anfitriãs da Copa do Mundo de 2014, e também candidata a realizar a abertura do evento esportivo. Além disso, mostrou a preocupação de agentes de viagens com o aumento da violência nas favelas baianas e com os assaltos no Pelourinho, Centro Histórico de Salvador.

Paul Irvine, diretor da agência de viagens Dehouche, no Rio de Janeiro, ouvido na matéria do NYT, acredita que, no momento, Salvador não está preparada para a Copa do Mundo.

Da Redação: A Tarde

Governo pede ao servidor público estadual que seja fiscal do Planserv

Em seu programa de rádio desta terça-feira (30), o governador Jaques Wagner reitera a intenção de fazer com que o plano de saúde dos servidores públicos estaduais - o Planserv - seja “bom e continue tendo vida longa”. Por isso, defende “justiça social nas parcelas de contribuição”, e pede que usuário seja um fiscal do serviço. Na próxima quarta (31), o projeto de lei de adequação do Planserv, no qual o Executivo propõe um plano de co-participação, será votado na Assembleia Legislativa da Bahia.

No Conversa com o Governador, Wagner também fala sobre a oitava etapa do GP Bahia de Stock Car, que acontece no próximo domingo (4), nas avenidas do Centro Administrativo da Bahia (CAB), e da inauguração, na semana passada, do primeiro Centro de Parto Normal da Rede Cegonha do país, em Salvador, com a presença do ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

Sobre o Planserv, o governador esclarece que a melhoria da eficiência do plano pretendida pelo governo não representa uma questão de economia. “Eu quero que o funcionário, cada familiar seja também um fiscal desse plano. Não existe proibição”, enfatiza Wagner, fazendo um apelo aos usuários para que usem, “com parcimônia, o direito à consulta e aos exames”. Diz ainda que as doenças ditas crônicas, que levam o beneficiário a ir constantemente ao médico, não estão incluídas nessa situação.

Segundo Wagner, ao ser um fiscal do plano, o beneficiário saberá se alguém está cobrando alguma coisa indevida no nome dele, o que aparecerá no contracheque a partir de uma sétima consulta. “Nós estamos promovendo uma ampliação do número de faixa para fazer justiça social. Eu não acho justo um funcionário que recebe R$ 3,2 mil pagar o mesmo valor de um funcionário que ganha R$ 10 mil, R$ 12 mil. Nós temos pessoas assim. Então, o que eu estou querendo fazer é melhorar o plano. Meu interesse não é economizar. O Governo do Estado já contribui com R$ 250 milhões para exatamente fazer o equilíbrio do plano”.

Jaques Wagner diz que não acredita em aumento maior desse valor porque, se assim acontecesse, comprometeria inclusive o orçamento e o limite de gasto com o pessoal.

Saúde

Ao se referir ao Centro de Parto Normal, Wagner diz que a Bahia se orgulha de ser o primeiro estado a se beneficiar com o programa federal, lançado pela presidente Dilma Rousseff, que tem parceria com as obras sociais de Divaldo Franco, da Mansão do Caminho. ”É a primeira vez, aliás, que se estabelece um convênio entre o poder público estadual e federal com essa obra social muito importante e que já existe há mais de 60 anos”, explica o governador, acentuando que o centro “é um brinco, como se diz, e foi feito com muito carinho, com as melhores condições para parto normal das mulheres baianas na hora mais sagrada, que é a chegada de uma nova vida na família”.

Segundo ele, o objetivo dos governos federal e estadual é diminuir a mortalidade materno-infantil durante o processo de gestação e de parto. “Nós podemos e vamos seguir ampliando nossa Rede Cegonha e a rede do Sistema Único de Saúde (SUS) para atendimento principalmente da população mais carente. A minha idéia é de conseguir mais convênios”.

Stock Car

Wagner destaca ainda no programa os esforços do governo estadual para realizar eventos destinados a atrair mais turistas para Salvador, a exemplo da Stock Car, que mobiliza a rede hoteleira (com quase 100% de reserva no entorno do circuito), os bares e os restaurantes, os taxista, o comércio. “Vou continuar fazendo esse esforço, de adensar a nossa pauta do turismo esportivo para que Salvador continue pontuando como o terceiro maior destino turístico do país”.

O programa é produzido pela Secretaria de Comunicação Social do Estado da Bahia (Secom) e veiculado toda terça-feira, às 7h30, pela Rádio Educadora FM 107,5 MHz e reproduzido por vários veículos de comunicação, além de ficar disponível na página do Conversa e pelo telefone 0800-071-7328.

Fonte: Agecom Bahua

Agentes penitenciários aderem à paralisação estadual de 48 horas

Cerca de 600 agentes penitenciários em toda a Bahia aderem, na manhã desta terça-feira (30) à paralisação de 48 horas dos servidores estaduais. Os trabalhadores do sistema prisional suspendem as atividades do setor administrativo até as 8h da próxima quinta-feira (1º), o que impede também a realização de visitas externas aos presos. Esta é a segunda paralisação dos agentes em uma semana.

De acordo com a diretoria do Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado da Bahia (Sinspeb-BA), a decisão de aderir ao movimento ocorreu devido à falta de avanços nas negociações para o pagamento da URV para os servidores do executivo e em protesto pelo envio do Projeto de Lei 19.394/2011 que modifica a legislação do Sistema de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos Estaduais (Planserv), criando elementos como o fator moderador e a coparticipação na utilização de serviços médicos e hospitalares.

Para o coordenador geral do Sinspeb-BA, Roquildes Ramos, a paralisação inclui os servidores públicos de um modo geral, como saúde e segurança. “Essa paralisação é em razão do tratamento que o governo do Estado está dando aos funcionários, especialmente com relação ao Planserv. Os servidores penitenciários estão fazendo a sua parte”, disse.

Serviços suspensos – Por conta da paralisação, serviços como visitas e toda a parte administrativa nos complexos prisionais estão suspensas até a quinta-feira. “A área de segurança interna está funcionando normalmente, mas 100% do administrativo está parado”, explicou Roquildes, que se reúne com outros servidores em um ato em frente à Penitenciária Lemos de Brito, na Mata Escura. O clima está tranquilo no local e não há protestos de familiares.

A reportagem de A TARDE tentou contato com a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap), mas não obteve êxito.

Clarissa Pacheco

Com ajuda da mãe, mulher dá à luz dentro de carro em Feira de Santana

Uma mulher deu à luz dentro de um carro, no meio do trânsito, em Feira de Santana, cidade a 100 Km de Salvador. A mãe dela, que a acompanhava no veículo, foi quem precisou fazer o parto de modo improvisado na Avenida João Durval Carneiro. A equipe do Serviço de Atendimento de Urgência (Samu) chegou minutos depois de a criança ter nascido, por volta de 18h de segunda-feira (29).

De acordo com o Samu, a equipe realizou o procedimento de oxigenação do recém-nascido, cortou o cordão umbilical e retirou a placenta. Em seguida, mãe e filha foram levadas para o Hospital Mater Dei.

Segundo a maternidade, mãe e filha foram encaminhadas à sala de cirurgia para avaliação do parto por uma obstetra assim que deram entrada na unidade de saúde. As duas passam bem e devem receber alta médica no fim da tarde desta terça-feira (30). A maternidade informa que o bebê, do sexo feminino, nasceu com 2,970 kg e 47 centímetros.

Do G1 BA com informações da TV Subaé

Alunos da Educação Profissional da Bahia expõem tecnologias sociais

Estudantes dos cursos técnicos de nível médio da rede estadual de Educação Profissional participam desta segunda-feira (29) até a próxima quarta (31), no Centro de Convenções da Bahia, em Salvador, da I Feira de Ciência e Tecnologias Sociais da Educação Profissional da Bahia e o II Encontro de Educação Profissional da Bahia.

Os eventos, promovidos pela Secretaria da Educação do Estado, apresentam um panorama da política pública de educação profissional no Estado. Entre as tecnologias expostas pelos alunos estão a fabricação de instrumentos; a economia de energia; a produção de sabão com óleo de cozinha e reciclagem de computadores. O governador Jaques Wagner e o secretário estadual da Educação, Osvaldo Barreto, estiveram no Centro de Convenções na abertura das atividades.

A Bahia conta hoje com 50 centros profissionalizantes, sendo 28 centros territoriais e 22 estaduais. Nesta segunda, foi anunciada a criação de quatro centros profissionalizantes do Estado. A rede estadual de Educação Profissional tem 48.818 mil estudantes matriculados e a meta é chegar a 2014 com a oferta de 84 mil vagas. Atualmente, são oferecidos 72 cursos na capital e interior.

Bruno Pereira tem 21 anos, mora em Lauro de Freitas, e é um dos alunos matriculados. Ele está terminando o curso técnico de eletroeletrônica e, em um dos estandes do evento, falou sobre a influência do curso em sua formação. “O curso me possibilitou escolher a área profissional que eu quero trabalhar e também consegui o meu estágio. Agora, vou fazer um curso superior”.

As atividades no Centro de Convenções funcionam das 8h às 18h e são abertas ao público.

Fonte: Agecom Bahia

Ipirá sediará o V Fórum de Dirigentes Municipais de Cultura

A Associação de Dirigentes Municipais de Cultura da Bahia (ADIMCBA) realizará, de 11 a 13 de setembro de 2011, o V Fórum de Dirigentes Municipais de Cultura da Bahia, no município de Ipirá, no Território da Bacia do Jacuípe.

O Fórum tem por objetivo debater o planejamento das ações culturais no âmbito dos municípios e territórios, fortalecendo a Cultura no Estado de forma participativa, envolvendo representantes governamentais, líderes do movimento associativo, artistas e pesquisadores. Durante três dias, serão abordados temas como o Sistema Nacional e Estadual de Cultura, Economia Criativa e Planejamento Territorial, sempre sob o enfoque dos Territórios de Identidade. A programação inclui palestras, grupos de trabalho e apresentações culturais, além das eleições do Conselho Territorial e da Diretoria Executiva da ADIMCBA.

Os 417 municípios baianos foram convidados a enviar seus representantes, buscando fortalecer o Fórum de Dirigentes e a Associação como instrumentos de defesa da descentralização das ações culturais no Estado da Bahia. Esta quinta edição reafirma a importância do Fórum construída ao longo dos anos, cujo histórico revela significativa contribuição para a consolidação das experiências dos municípios e, também, o aprofundamento das discussões sobre a cultura na Bahia.

O V Fórum, que conta com parceria da Prefeitura de Ipirá e o apoio da Secretaria de Cultura da Bahia (SECULT/BA), reflete o importante momento de construção e operacionalização das políticas públicas e programas da área cultural na Bahia e suas perspectivas envolvendo múltiplos atores sociais.


Presenças confirmadas:

•> Roberto Peixe – Secretário de Articulação Institucional - MinC
•> Claudia Leitão – Secretária de Economia Criativa - MinC
•> Albino Rubim – Secretário de Cultura da Bahia
•> Frederico Lustosa da Costa – Professor UFF/RJ
•> Adalberto Santos - Superintendente de Desenvolvimento Territorial de Cultura da Bahia
•> Carlos Paiva Neto – Superitendente de Promoção Cultural da Bahia

Os interessados podem realizar sua pré-inscrição no site www.adimcba.org.br e obter mais informações
pelo email adimcba@adimcba.org.br

Informações obtida por Normelita Oliveira (Diretora de Cultura de Ipirá - Presidente da ADIMCBA)

Blogueiro Foguinho Eventos de Várzea da Roça comemora 200 Mil acessos e agradece aos sites parceiros

Amigos internautas tomos a liberdade de expressar com muita felicidade a externar os nossos mais sinceros votos de agradecimentos pela força e o incentivo que tenho recebido através de e-mail e até pessoalmente pelo trabalho que estamos realizando com o www.foguinhoeventos.com, afinal são 200 Mil acessos graças a vocês.
Confesso que, a cada dia em que abro a minha caixa postal, mural de recados e até mesmo comentários e recados no Orkut e vejo manifestações de carinho e incentivo pelo meu trabalho, fico feliz, porque são vocês que ao abrirem as nossas páginas, nos dão mais forças.

É claro, que ainda falta muito para chegarmos ao topo dos mais acessados, porém, só em saber que vocês estão acompanhando diariamente nossas postagens, fico feliz.

É bem verdade, que ainda não contamos com anúncios para custear as despesas, mas contamos com algo muito mais valioso ainda, que são as palavras de apoio e os apertos das mãos de vocês. Para nós, só isso já é o bastante.

Agradecemos também as parcerias como os Sites, Blogs e Rádios:
www.agmarrios.com.br;
www.varzeacidade.blogspot.com;
www.varzeadopoconoticias.blogspot.com;
www.caboronganoticias.blogspot.com;
www.portalvarzeaeregiao.blogspot.com;
www.mairifm.blogspot.com;
www.barradorochainforme.blogspot.com;
www.cantinhodailzamaria.blogspot.com;
www.m.souzaproducoes.blogspot.com;
www.beijaflorfm.com;
www.vivavozfm.com.br;
www.serrotfm.com.br;
www.educativafm.com.br;
www.baixagrandefm.com;
e o pai de todos os sites: www.baciadojacuipe.com.br.

Queremos nos estruturar, pois poderemos desenvolver um trabalho melhor, com a permissão de Deus e a participação de vocês Internautas, iremos conseguir muitas coisas novas, aguardem.
Esses são os Sinceros votos de Agradecimento a todos vocês de todo o Mundo, ou seja, o Planeta.
Anteciosamente: Foguinho Eventos.
Parabéns coléga. logo atingiremos esta marca.

Ex-jogador Sócrates reconhece que era dependente de álcool

Depois de passar por uma internação de emergência, Sócrates, o ex-jogador do Corinthians e da seleção brasileira, voltou sábado (27) para casa e contou para a equipe do Fantástico como a bebida quase o levou à morte. Aos 57 anos, ele reconhece que era dependente de álcool.

“É nessas horas, que a gente cresce. Saio muito mais forte, muito maior e com muito mais compromissos e responsabilidades que eu tinha antes”, resume Sócrates.

Sócrates conversou com o Fantástico no sábado (27), sete horas depois de sair do hospital. Foram nove dias internado. O ídolo corintiano, do calcanhar inconfundível e formado em medicina falou ao abertamente sobre a doença que quase o levou à morte e os problemas com bebida alcoólica.

“Eu tenho um ponto cirrótico. É uma lesão que não é tão grave, mas ela em localizada em área hipersensível do fígado. Essa lesão é causada, fundamentalmente, por álcool”.

As primeiras horas no hospital foram as mais delicadas. Sócrates entrou pela porta caminhando. Ele tinha uma hemorragia digestiva. O sucesso do trabalho dos médicos evitou a morte do ex-jogador.

“O fígado estava todo inflamado, então ele não deixa passar nada. É como se fosse uma bomba de sangue represado. Ele vai ter que explodir em algum lugar. No meu caso, foi o estômago”, conta Sócrates.

“Eles iriam tentar fazer o máximo para tentar segurar a vida dele. Mas que poderia ser difícil”, lembra Kátia Bagnarelli, mulher de Sócrates.

Um cateter, um pequeno tubo, foi usado para fazer o sangue circular. Sócrates ficou nas mãos de um médico que torce para um rival do Corinthians. “Ele é são-paulino, então ele disse que um são-paulino teve que salvar a vida de um corintiano”, conta a mulher.

Esse não foi o primeiro problema grave provocado pela cirrose, revela o ex-meio-campista das copas de 82 e 86.

“Há três meses, eu tive um sangramento. Mas mesmo assim, a coisa aconteceu, explodiu. Provavelmente não vai precisar de transplante, hoje de jeito nenhum”, ele diz.

Na década de 1980, foi um dos líderes da democracia corintiana. A concentração deixou de ser obrigatória e outras questões como horário dos treinos, também eram decididas no voto.

O ex-craque nunca escondeu que gostava de bebida alcoólica. Mas agora reconhece que era dependente.

“Fui alcoólatra sim. Quando eu queria. Quem usa álcool cotidianamente é alcoólatra. Eu fui dependente de álcool. Não tomava todo dia. Eu estava há três meses sem beber”, ele garante.

Além de não beber, Sócrates vai ter que seguir uma dieta rigorosa e fazer exames clínicos com frequência.

“Abstinência vai ser total daqui para frente, para que meu fígado reúna condições de se equilibrar totalmente e que não dê mais problemas”, avalia ex-jogador.

“Agora é só aguinha tônica, água sem gás. Nós dois sentadinhos, batendo papo, tomando água”, brinca o ex-jogador Casagrande.

Fonte: G1 São Paulo

Cirurgia de Ricardo Gomes é considerada bem-sucedida

Após três horas e meia, a cirurgia do técnico Ricardo Gomes chegou ao fim e foi considerada bem-sucedida pelos médicos. A hemorragia no cerébro em decorrência do AVC (acidente vascular cerebral) foi estancada e a circulação, restabelecida. Gomes está em coma induzido, na UTI, e vai ficar em observação pelas próximas 72 horas. O médico José Antônio Guasti realizou o procedimento no Hospital Pasteur, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Ele não deu entrevistas. Quem falou novamente sobre o caso foi Clóvis Munhoz, médico do Vasco que acompanha o drama. Segundo ele, o quadro segue grave e ainda há risco de morte, apesar de a cirurgia ter sido alentadora.

- Foi tudo dentro do esperado. A impressão do doutor que o operou foi a melhor possível, e ele já viu "n" casos como o dele (Ricardo Gomes). O coágulo foi drenado. O quadro é favorável e agora as próximas 72 horas serão decisivas para avaliar e consolidar a situação. Isso quer dizer se provavelmente haverá sequelas ou não - disse Clóvis.

Apesar de ainda ser cedo para prognósticos, o médico do Vasco disse que qualquer possível sequela no pós-operatório pode ser revertida com fisioterapia.

Ricardo Gomes vai permanecer no hospital entre oito e dez dias. De acordo com Munhoz, o lado do cérebro afetado pela hemorragia foi o direito, com um edema maior do que dois centímetros (considerado importante) e está relacionado aos movimentos de braço e perna e também à fala.

Entenda o caso

O comandante vascaíno se sentiu mal por volta dos 20 minutos do segundo tempo do clássico entre Flamengo e Vasco, neste domingo, no Engenhão. Ele foi levado, inicialmente, para o centro médico do estádio, e, em seguida, encaminhado para o hospital.

Clóvis Munhoz explicou que a hemorragia provocou um grande coágulo na região temporal do cérebro. A cirurgia foi feita para retirada deste sangue coagulado, reduzindo a pressão cerebral. No momento em que aconteceu a hemorragia, a pressão arterial do treinador era de 19 por 12. O normal é 12 por 8.

Para Clóvis, o que aconteceu com Gomes neste domingo não é uma consequência do primeiro AVC sofrido pelo técnico em fevereiro de 2010, quando treinava o São Paulo.

- Ele estava confuso, agitado. Achou que poderia ser igual ao que houve no ano passado. Mas não tem nada a ver - garantiu.

Já o vereador Marco Aurélio Cunha, médico e dirigente do São Paulo na época do primeiro AVC de Ricardo Gomes, diz que os casos podem ter relação.

- Naquele primeiro episódio, é como dizer que ele teve um pequeno vazamento e agora um rompimento. Aqui no São Paulo foi uma coisa bem mais simples. Saímos do jogo, existia o sintoma e fomos para o hospital. Fez os exames, passou a noite internado, fiquei com ele o tempo inteiro na companhia do Sanchez (José Sanchez, médico do São Paulo). O Ricardo não chegou a perder a consciência. Um caso pode não ser decorrência do outro, são episódios diferentes, mas não podemos deixar de juntar um ao outro. Ele ficou bem daquele primeiro, mas sempre fica uma marquinha e passa a ter um risco maior do que tinha antes. Aquele foi simples, esse é grave. Estou bastante chateado pois ele é um cara fantástico, um cara único.

Marco Aurélio Cunha ainda destacou que o treinador cruz-maltino lhe contara certa vez que seu pai faleceu em decorrência do mesmo problema.

Depois de um atendimento preliminar no centro médico do Engenhão, Ricardo Gomes foi para um hospital na zona norte do Rio de Janeiro. Ficou sedado na UTI, respirando com a ajuda de aparelhos. Em seguida, foi operado.

Por André Casado e Gustavo Rotstein
Rio de Janeiro

Ricardo Gomes faz cirurgia de três horas para reduzir hematoma cerebral

O técnico Ricardo Gomes está sendo submetido a uma cirurgia para drenagem de um coágulo formado no lado direito do cerébro após um acidente vascular cerebral (AVC) com hemorragia na noite deste domingo, durante a partida entre Vasco e Flamengo. A operação, que é realizada pelo médico José Guasch, deve durar cerca de três horas e tem o objetivo de controlar a hipertensão craniana para não danificar o tecido cerebral, o que poderia causar sequelas motoras.

- Creio que ele vai suportar bem. É uma pessoa forte. Só o fato de ter me reconhecido enquanto pôde e ter tido condições de falar sobre o que estava sentido é muito positivo - afirmou Clóvis Munhoz, médico do Vasco.

O médico afirmou ainda que o que aconteceu com Gomes neste domingo não é uma consequência do primeiro AVC sofrido pelo técnico em fevereiro de 2010, quando treinava o São Paulo.

- Ele estava confuso, nervoso, agitado. Achou que poderia ser igual ao que houve no ano passado. Mas não tem nada a ver – garantiu.

Depois de um atendimento preliminar no centro médico do Engenhão, Ricardo Gomes foi para um hospital na zona norte do Rio de Janeiro. Ficou sedado na UTI, respirando com a ajuda de aparelhos.

O presidente do Vasco, Roberto Dinamite, está no hospital acompanhado dos filhos, assim como Felipe, o diretor executivo Rodrigo Caetano e familiares e amigos do treinador.

Por André Casado Rio de Janeiro

Pequenos agricultores se arriscam em 'paus-de-arara' na Bahia

O pau-de-arara é um transporte perigoso, cujo uso ainda é muito comum na zona rural da Bahia. Na BA-052, conhecida como Estrada do feijão, é fácil flagrar pequenos agricultores indo para as feiras livres nesse tipo de transporte.

Homens, mulheres e crianças se apertam lado a lado em pequenos bancos improvisados na carroceria. “Ônibus tem, mas ele não passa”, pontua Claudemir Conceição, lavradora transportada em pau de arara.

“Se Deus abençoar para não ter nada, ai fica tudo bom, e se acontecer algo vai meio mundo de gente, emborca”, teme Dona Maria São Pedro, lavradora que também utiliza o transporte.

A viagem dura cerca de meia hora, logo o trânsito urbano fica caótico com a presença dos paus-de-arara. Os veículos clandestinos estão por toda parte. Estacionam nas praças e calçadas como se fossem finais de linha.

O estado de conservação dos veículos também é preocupante. Muitos estão com pneus lisos. Um deles tem apenas a metade da placa traseira. Um outro, como a maioria, é movido a gás de butijão.

“Por enquanto aqui em Ipirá a maioria roda movido a gás”, admite Nilson Oliveira, motorista.

Os donos dos paus-de-arara dizem que apesar das irregularidades a polícia não incomoda. “Até hoje aqui ninguém veio não”, diz Orlando Fernandes, motorista.

O comando da Polícia Rodoviária Estadual informa que a fiscalização é intensificada todas as quartas-feiras nas estradas da região de Feira de Santana para combater os crimes de trânsito e outros delitos. Mas, segundo o comando, não há condições de proibir a entrada de todos os caminhões irregulares na cidade.

Do G1 BA, com informações da TV Subaé

Fora de casa, Bahia não resiste e perde para o Ceará

O sinal vermelho está aceso para o Esporte Clube Bahia. Em terras cearenses, o time sofreu a segunda derrota seguida. Três gols deram números finais ao primeiro encontro do único duelo nordestino desta Série A 2011: mesmo sem jogar bem, o Ceará venceu o Tricolor em Fortaleza, neste domingo, 28, por 3 a 0, pela última rodada do primeiro turno do Brasileirão.

Em três lances esporádicos, o Ceará constriu a sua vitória. Thiago Humberto, Felipe Azevedo e Edmilson marcaram para o alvinegro. O Bahia até tentou, mas parou nas mãos do goleiro Diego, que estava em tarde inspirada.

O tricolor baiano contabiliza, com esta derrota, quatro jogos seguidos sem vencer. Com a derrota para o Ceará e com o triunfo do Grêmio sobre o Internacional, o Bahia perdeu uma posição para o time gaúcho: é agora o 16º colocado, com 20 pontos, dois a mais que o Atlético-PR, décimo sétimo colocado.

O jogo – Ameaçado pela zona de degola, o Bahia iniciou a partida ligado em campo. O técnico René Simões escalou o time com três volantes e apostou na forte marcação e nos contra-ataques como armas para surpreender o Ceará. Apesar das boas chances de gol criadas pelo seu time, no entanto, a estratégia do treinador não teve êxito.

Nos primeiros minutos, o Tricolor conseguiu segurar o ímpeto inicial do Ceará e arriscou alguns contra-ataques. Aos treze, o primeiro lance de ataque do Bahia: Jones fez boa jogada e cruzou para Júnior cabecear, mas o atacante fez falta e o lance foi invalidado.

Polêmica – Em posição duvidosa, o meia Thiago Humberto, após boa jogada do atacante Osvaldo, recebeu bom passe na área, livre de marcação, e fez para o Ceará. O jogador estava adiantado, mas a arbitragem não percebeu e validou o primeiro gol do alvinegro cearense, aos 16 do primeiro tempo.

Faltou força - A partir dos 30 minutos da primeira etapa, o Bahia passou a ser mais incisivo. Em duas oportunidades com Júnior, o tricolor quase chegou ao gol de empate. Na primeira, uma confusão na área do Ceará: Jones cruzou e o lateral da equipe cearense, Vicente, afastou; a bola bateu em Júnior e quase morreu nas redes do goleiro Diego.

Jones fez outra boa jogada e tocou para Júnior, que entrou livre pela esquerda e rematou forte para o gol, mas Diego fez grande defesa e colocou a bola para escanteio.

Aos 42, Lulinha chutou colocado, mas a bola não entrou: passou muito perto da meta de Diego e foi para fora.

Resultado injusto – No segundo tempo, René soltou mais o time e o Bahia passou a dominar a partida. O técnico substituiu Dodô, que não jogou bem, por Maranhão, que deu maior dinâmica ao meio campo do Esquadrão. O goleiro Lomba sentiu e deu o lugar a Tiago. Visando o gol de empate, René arriscou: sacou Diones e colocou o atacante Reinaldo. O Bahia cresceu e passou a pressionar.

Aos 31 minutos, o Tricolor quase marcou, em lance que o goleiro Diego se consagrou. O arqueiro do Ceará fez duas grandes defesas, após dois disparos subsequentes: o atacante Jones chutou, pela esquerda; Diego espalmou na cabeça de Júnior, que cabeceou forte para o gol, mas o goleiro fez novamente outra excelente defesa e afastou o perigo.

O castigo – Aos 35 minutos, em contra-ataque, Osvaldo conduziu bem pela direita e invadiu a área tricolor. O atacante rolou a bola para o companheiro Felipe Azevedo, livre de marcação, completar. Ceará 2 a 0. Nos acréscimos, ainda deu tempo para mais um. O pentacampeão Edmilson, em cobrança de falta, fechou a conta: 3 a 0 para o alvinegro.

Próximos jogos – O Bahia buscará a reabilitação contra o América-MG, na próxima quinta-feira, 01 de setembro, às 20h30, em Pituaçu; o Ceará encara o Vasco, na próxima quarta, 31, em São Januário, às 18h.



Ceará 3x0 Bahia - 19ª rodada da Série A 2011.

Local: Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza (Ceará)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (DF)
Auxiliares: Erich Bandeira (PE) e Fábio Pereira (TO)

Gols: Thiago Humberto (Ceará, aos 16 minutos do primeiro tempo), Felipe Menezes e Edmilson (Ceará, aos 35 e aos 46 minutos do segundo tempo, respectivamente).

Cartões amarelos: Marcelo Lomba, Titi, Fabinho e Lulinha (Bahia).

Ceará: Diego; Boiadeiro (Patrick), Fabrício, Erivelton e Vicente; Michel, Cleber, Eusébio e Thiago Humberto (Felipe Azevedo); Osvaldo e Marcelo Nicácio (Edmilson). Técnico: Vágner Mancini.

Bahia: Marcelo Lomba (Tiago); Marcos, Paulo Miranda, Titi e Dodô; Fabinho, Marcone, Diones (Reinaldo) e Lulinha; Jones e Júnior. Técnico: René Simões.

Rafael França: A Tarde

Prefeitura inclui Festival de Cultura Japonesa no calendário de Salvador

A prefeitura de Salvador anunciou, no sábado (27), a inclusão do Festival de Cultura Japonesa no calendário oficial da cidade. De acordo com a assessoria de comunicação, o órgão considerou a força do intercâmbio cultural entre os dois países e aproveitou o evento para anunciar a decisão, que começa a valer a partir de 2012.

O Festival, cujo nome tradicional é Bon Odori, ocorre até este domingo (29), na Associação Atlética do Banco do Brasil (AABB), no bairro de Piatã, das 10h às 23h. O valor do ingresso é R$ 10.
A programação é formada com apresentações musicais, de dança e artes marciais típicas.

Compõem a grade de atrações desta quinta edição do evento o grupo paulista de dança Odori e a sonoridade dos instrumentos de cordas do grupo Shamisen de Okinawa, também de São Paulo. Também participa o grupo de dança Sansey de Londrina, do Paraná, vencedor cinco vezes do Festival de Yosakoi de São Paulo.

Oficinas culturais de origami, shodô (escrita em tinta), bonsai, culinária e mangá também estão disponíveis ao público participante. O espaço para a espiritualidade conta com cantos dedicados às doutrinas budistas, primordial, seicho-no-ie, messiânica, entre outras. Confira a programação completa no site do festival.

Do G1 BA

População de Amélia Rodrigues (BA) bloqueia BR-324 por morte de rapaz

A população de Amélia Rodrigues, município a cerca de 90 Km de Salvador, bloqueia o Km 542 da BR-324 em protesto contra os acidentes que acontecem na região, conforme a Polícia Rodoviária federal (PRF). No início da tarde, um rapaz morreu ao ser atropelado na rodovia. O motorista que causou o acidente fugiu.

Até às 15h30 o corpo da vítima permanecia no local do acidente à espera do Departamento de Polícia Técnica (DPT), que está sendo deslocado da cidade de Santo Amaro. Por conta da manifestação, a PRF informa que a rodovia está congestionada nos dois sentidos da pista.

Do G1 BA

Base da Polícia Militar na Chapada Diamantina vai combater assaltos a bancos

A segurança na região da Chapada Diamantina ganhou reforço neste sábado (26), com a inauguração, em Andaraí, da Base Operacional da Companhia de Policiamento Especializado (CIPE) do Semiárido. O objetivo da nova Base é ampliar as ações da Força-Tarefa da Secretaria de Segurança Pública (SSP) no combate a roubos a agências bancarias e ao narcotráfico. Esta é a 8ª base operacional da PM instalada no Semiárido e a 30ª na Bahia. A expectativa é que sejam implantadas mais 29 bases até o final do ano.

De acordo com o comandante da CIPE, tenente-coronel Valter Araujo, além de Andaraí, a base vai atender mais 13 municípios, entre eles, Mucugê, Nova Redenção, Piatã e Abaíra. O comandante explica que a nova base possui equipamentos de monitoramento de câmera, com alojamento para os policiais e local para armazenar os armamentos utilizados nas operações especiais.

No total, as oito bases operacionais, entre elas, Xique-Xique, Andaraí, Mairi, Utinga, Capim Grosso, Irecê e Ibotirama contam com um efetivo de 86 policiais, que dão apoio a 68 cidades baianas.
Autoridades brasileiras expressaram sua indignação por um livro de ficção publicado nos Estados Unidos que retrata o Rio de Janeiro como "a capital mundial do sexo" e pedirão uma retratação oficial, informou neste sábado o jornal O Globo.

O livro "Seven days in Rio" (Sete dias no Rio), escrito pelo americano Francis Levy e publicado pela editora Two Dollar Radio, define a cidade como um lugar onde "o número de prostitutas equivale ao de ratos no metrô de Nova York", o que incomodou as autoridades brasileiras.

"Nenhuma brasileira pode ser tratada assim, nem sequer na ficção", expressou Aparecida Gonçalves, titular da Subsecretaria de Enfrentamento à Violência contra a Mulher.

Aparecida afirmou que "o turismo sexual ainda não é uma página virada no Brasil" e disse que buscará por meio do Ministério das Relações Exteriores que o governo americano adote medidas para que o autor se retrate.

Por sua vez, um porta-voz do Ministério do Turismo lamentou a publicação do livro e afirmou que os viajantes que chegam ao Brasil com a única intenção de buscar sexo são "criminosos".

Segundo o jornal, o autor, de 63 anos, que nunca visitou o Rio de Janeiro nem conhece pessoalmente nenhum brasileiro, defendeu seu romance em entrevista por telefone.

"Seven days não é uma obra realista, e digo isso logo no prólogo. Por isso, as pessoas não devem se aborrecer com seu conteúdo. E também não vejo problema em escrever sobre um lugar que não conheço", disse Levy, que lembrou que, por exemplo, Franz Kafka escreveu "America" sem nunca ter saído da Europa.

Levy, que define Kenny Cantor, o protagonista do livro, como "um palhaço que vive situações surrealistas, como a de conhecer uma família de prostitutas aristocratas que se gabam da profissão", afirmou que o objetivo de seu romance "não é traçar um perfil do Rio de Janeiro", mas apresentar "o universo da imaginação, do delírio e dos sonhos".

EFE

Khadafi está 'pronto para negociar transição', diz porta-voz

Em um telefonema para uma agência de notícias, Moussa Ibrahim teria dito que o filho de Khadafi, Saadi, lideraria a negociação. Mas os rebeldes afirmam que não vão negociar até que Khadafi se renda.

Segundo a agência de notícias Associated Press (AP), em Nova York, o porta-voz teria ligado e falado que Khadafi ainda está na Líbia, mas não especificou em qual cidade.

A AP afirma que identificou Moussa Ibrahim pela voz e o porta-voz também teria dito que Khadafi quer formar um governo de transição com os rebeldes. Ibrahim também teria dito à AP que ainda está em Trípoli e viu o ex-líder líbio na sexta-feira.

No começo da semana, a CNN informou que tinha recebido um email de Saadi Khadafi confirmando que seu pai queria negociar um cessar-fogo. "Vou tentar salvar minha cidade, Trípoli, e os dois milhões de pessoas que vivem lá... senão Trípoli se perderá para sempre, como a Somália", escreveu.

Uma autoridade do Conselho Nacional de Transição líbio (CNT) disse à agência de notícias Reuters que eles não sabem onde Muamar Khadafi está e nenhuma negociação está acontecendo. "Se ele quiser se render, então vamos negociar e vamos capturá-lo', disse Ali Tarhouni, a autoridade do CNT encarregada do petróleo e questão financeiras.

O ministro das Relações Exteriores da Grã-Bretanha, William Hague, descreveu a oferta de Khadafi como um 'delírio' e afirmou que o CNT já está no comando da Líbia. "O que precisamos dos restos do regime de Khadafi é que os confrontos parem", disse Hague à BBC.

A organização de defesa dos direitos humano Human Rights Watch afirmou que existem provas de que as forças leais a Khadafi mataram pelo menos 17 prisioneiros e realizaram 'execuções supostamente arbitrárias de dezenas de civis' dias antes de os rebeldes ocuparem Trípoli.

Na sexta-feira, mais de 200 corpos em decomposição foram encontrados em um hospital abandonado no bairro de Abu Salim. Médicos e enfermeiras fugiram devido aos combates e muitos pacientes feridos foram abandonados.

Mais de 50 corpos carbonizados foram encontrados em um depósito foi foi incendiado, ao sul da capital líbia. Moradores do bairro de Salah al-Din afirmaram que estes corpos eram de civis que foram executados na terça-feira por integrantes de uma brigada comandada por outro filho de Muamar Khadafi, Khamis.

Da BBC

Mulher mais velha do mundo completa 115 anos nos EUA

Besse Cooper completou na última sexta-feira 115 anos na cidade americana de Monroe, onde recebeu pela segunda vez em sua vida o reconhecimento do Livro dos Recordes como a pessoa mais velha do mundo, informa a edição online do jornal "Atlanta News".

Cooper, que foi nomeada a pessoa mais velha do mundo em janeiro, perdeu seu título em maio quando os responsáveis do "Guinness Book" encontraram a brasileira Maria Gomes Valentim, que era 48 dias mais velha. No entanto, Maria morreu no dia 21 de junho e Cooper recuperou o título.

O asilo onde Cooper vive fez uma festa de aniversário em seu nome na qual contou com sua família e um representante do "Guinness", que lhe entregou pela segunda vez a placa de reconhecimento. "Achamos que uma placa era suficiente", disse seu filho, Sydney Cooper, de 76 anos.

Segundo o jornal, a comemoração deste ano foi mais simples que a festa de aniversário do ano passado, que contou, inclusive, com um imitador de Elvis Presley.

Sydney Cooper explicou que a saúde física da mãe diminuiu neste ano, embora os médicos digam que ela continue surpreendentemente saudável e todos seus sinais vitais estejam normais.

"Ela ainda lembra das coisas, pensa com clareza e conversa", destacou o filho. "Mas tem dias bons e dias ruins e dorme cerca de 80% do tempo".

Besse Cooper nasceu no Tennessee no dia 26 de agosto de 1896 e se mudou para a Geórgia durante a Primeira Guerra Mundial para trabalhar como professora. Casou-se em 1924 e tem hoje quatro filhos, 12 netos e mais de uma dezena de bisnetos, além de um tataraneto.

Seu filho explicou que não tem certeza de que sua mãe compreenda que é a mulher mais idosa do mundo.

Besse Cooper revelou uma vez o segredo de sua longevidade, lembrou seu filho: "Só me preocupo com as minhas coisas, e não como comida que faz mal".

Fonte: EFE

'Passarela do Caranguejo' é inaugurada em Lauro de Freitas

Quatro meses depois de verem o local de trabalho no chão, os barraqueiros da praia de Ipitanga, em Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador, já estão trabalhando. Foi inaugurada neste sábado (27) a 'Passarela do Caranguejo'.

A Passarela foi construída em uma área de 3.000 m², onde antes funcionava um estacionamento. O projeto da Associação dos Barraqueiros de Ipitanga é uma alternativa de trabalho depois que as 33 barracas que ficavam na praia foram derrubadas

“Muitas famílias vão voltar a ter continuidade para seu sustento e vão continuar a gerar empregos, que a gente imagina em torno de 200 empregos nesse período”, avalia Luis Fritsch, da Associação dos Barraqueiros de Ipitanga.

São 22 boxes com cozinha, além de banheiros e chuveiros para uso dos banhistas. Tudo a alguns metros da praia, do outro lado da rua. “Eu estava acostumado a comer tudo na praia, tem que dar uma deslocada agora, vai na praia, dá um mergulho, volta”, observa Pedro Almeida, agropecuarista.

Já na praia de Piatã, que fica há alguns quilômetros de Ipitanga, mas já no município de Salvador, a situação é bem diferente. As barracas que existiam no local também foram demolidas, só que até agora nada foi construído. “A situação está ruim demais. Antigamente aqui ficava cheio de gente, agora não tem uma pessoa”, lamenta Jenilson da Luz, vendedor.

Hoje 322 barraqueiros ainda dependem do comércio nas praias e trabalham de forma improvisada. As barracas da orla de Salvador foram demolidas em agosto do ano passado, por determinação do juiz Carlos D’Ávila, da 13ª vara. Até hoje o impasse entre a prefeitura e a Justiça sobre o projeto de requalificação da orla continua.

“Não tem mais como atrair o cliente, não tem chuveiro, não tem banheiro, não tem barracas, então fica difícil José Prachedes, associação dos barraqueiros de Salvador.

Do G1 BA, com informações da TV BA

Ativista anticorrupção encerra greve de fome na Índia

O militante anticorrupção indiano Anna Hazare encerrou neste domingo (28) a greve de fome iniciada há 12 dias, depois de receber a promessa dos parlamentares que haverá reforço na sua luta contra a corrupção na Índia. Ele rompeu o protesto em Nova Déli ao beber água de coco com mel. A mistura foi oferecida por duas meninas.

Hazare, de 74 anos, será hospitalizado nas próximas horas para ser submetido a uma bateria de exames médicos.

A campanha de Hazare para endurecer a legislação anticorrupção encontrou grande apoio na população. “Durante 12 dias as pessoas do povo estiveram aqui. É a vitória deles”, afirmou o ativista.

O militante radical iniciou a greve de fome em 16 de agosto, dia em que foi detido após as grandes manifestações em todo o país que pediam o fim da corrupção. Ele foi liberado três depois e seguiu para uma praça de Nova Déli, onde prosseguiu com o jejum para exigir mais rigor em um projeto de lei em debate no Parlamento para dar mais eficiência à luta contra a corrupção.

Neste sábado (27), o governo anunciou que vai atender algumas de suas demandas, como a criação do cargo de mediador da República em cada um dos 29 estados do país, a redação de uma “carta do cidadão” e a ampliação dos poderes do mediador a todos os funcionários do governo.

Do G1, com agências internacionais *

População faz manifestação na Câmara de Vereadores de Mairi

Em Sessão realizada na noite da última sexta-feira, dia 26 de agosto, na Câmara de Vereadores de Mairi, a população lotou o plenário da Casa e fez uma grande manifestação com faixas protestando e interrompendo as falas dos vereadores por várias vezes.

Os moradores das comunidades do Recreio, Reviver, Tv. Sete de Setembro, Vila do Padre e da Praça André Luiz Nunes fizeram à manifestação pedindo que os vereadores da oposição votassem no Projeto de Lei n° 1.297/11, que "Autoriza o Poder Público a contratar operação de crédito, oferecer garantias e dá outras providências" com a DESENBAHIA, até o valor de R$ 2.500.000,00 (dois milhões e quinhentos mil reais) destinado ao financiamento para execução de obras e serviços de infraestrutura urbana e saneamento, de conformidade com as regras estipuladas pelas normas pertinentes e pelo disposto nesta Lei, com base na Taxa de Juros de Longo Prazo TJLP, acrescida de 6% (seis) ao ano, com prazo de 8 (oito) anos e carência de 01 (um) ano.

A operação de crédito que versa o presente Projeto de Lei, tem por objetivo a captação de recursos para viabilizar a execução de pavimentação em paralelepípedos de ruas, travessas e avenidas na Sede do Município, Povoados, e Distritos e das Praças na Sede e no Distrito de Angico.

O Projeto foi colocado em votação nesta sexta-feira (26) e não foi aprovado. José Allan, Mundinho do Bar, Roque Nilson e Luiz do Angico foram os vereadores da situação que votaram a favor. Genó, Jonilson, Rogério, Lalinho, e Ruy da Sucan, foram os vereadores da oposição que votaram contra.

Para José Allan, vereador da situação, esta sexta-feira foi um dia triste para o Legislativo Municipal, onde a Câmara de forma inesperada rejeitou um projeto que iria beneficiar aproximadamente cerca de 27 ruas do município e a construção de duas praças. “Esse empréstimo não ia onerar em nada nos cofres públicos, não iria de forma nenhuma comprometer o grau de capacidade de investimento do município, e a gente fica triste, porque na verdade é um projeto que iria beneficiar o povo do município de Mairi, e não foi aprovado unicamente por questão política de 2012, quem assistiu e ouviu os depoimentos dos vereadores da oposição, eles só não aprovaram o projeto, pensando na eleição de 2012, só por isso, essa é a única justificativa”, disse Allan.

Segundo Jonilson Cerqueira, vereador da oposição, o município não tem condições de tomar esse empréstimo e por esse motivo ele e os vereadores da oposição votaram contra. “Nós vereadores da oposição temos consciência do que a gente quer para nosso município de Mairi, sempre queremos o melhor para o município e para o povo dessa terra, e sempre desde o início do meu mandato assumir com muita responsabilidade e compromisso com o meu povo. Referente a isso, nós já fizemos várias indicações, vários requerimentos para que o prefeito pudesse executar obras em nosso município, através de recursos próprios ou a fundos perdidos, através de projetos de convênio com entidades governamentais, federal, estadual e filantrópica para não endividar o município”, disse Jonilson.

Fonte: Agmar Rio

Morre Atiyah Abd al-Rahman, número 2 da al-Qaeda, dizem EUA

Segundo no comando da al-Qaeda, Atiyah Abd al-Rahman foi morto no Paquistão, mais um golpe para o grupo terrorista que os EUA acreditam estar à beira da derrota. A informação foi confirmada por funcionário do governo Obama neste sábado (27).

O cidadão líbio, que foi líder operacional, subiu para o segundo principal posto da al-Qaeda logo depois da morte de Osama bin Laden, líder da al-Qaeda, em maio. Leon Panett, secretário de defesa dos EUA, disse no mês passado que a derrota da al-Qaeda estava próxima, se os Estados Unidos conseguissem uma sequência de ataques bem sucedidos para enfraquecer o grupo.

"Agora é o momento, seguindo o que aconteceu com Bin Laden, para colocar pressão sobre eles", Panetta disse. "Porque eu acredito que se continuarmos com este esforço podemos realmente dar fim ao al-Qaeda como uma grande ameaça."

Al-Rahman foi morto em 22 de agosto na região paquistanesa tribal do Waziristão, segundo disse o oficial, que quis permanecer no anonimato. O funcionário não disse como al-Rahman foi morto. Os ataques foram feitos por aeronaves não-tripuladas, em área de difícil acesso ao longo da fronteira entre Paquistão e Afeganistão.

Al-Rahman, que tem por volta de 40 anos, foi um confidente próximo de Bin Laden e uma vez serviu como emissário de Bin Laden para o Irã. Al-Rahman foi autorizado a circular livremente dentro e fora do Irã como parte desse arranjo e vem operando fora do Waziristão por algum tempo, segundo informações oficiais.

Nascido na Líbia, ele se juntou a Bin Laden aquando ainda era adolescente no Afeganistão para lutar contra a União Soviética.

Da AP

'Foi chocante, uma cena terrível', diz homem que ajudou vítimas de bonde

"Viu muita gente machucada grave. Foi muito chocante, foi uma cena terrível. No início não sabia nem o que fazer. Fiquei aatordoado e perguntei ao PM o que podia fazer para ajudar. E aos poucos fomos tirando as pessoas menos graves de dentro do bonde”, relatou Rinaldo José Ferreira, morador de Belford Roxo, que estava a trabalho em Santa Teresa quando viu o acidente com o bonde. Cinco pessoas morreram no acidente, e cerca de 30 ficaram feridas.

Rinaldo contou que o bonde estava cheio quando passou por ele na rua, que estava na curva anterior à que o carro se acidentou. "Vi muita gente machucada, muito sangue", disse ele, que acredita ter resgatado sete pessoas das ferragens, entre elas uma criança de 7 anos e um idoso.

De acordo com o coronel Sérgio Simões, comandante do Corpo de Bombeiros, o maquinista da composição chegou a ser levado para o Hospital Souza Aguiar, mas não resistiu e morreu. Outras quatro vítimas morreram no local. Os feridos foram levadas para os hospitais Souza Aguiar, no Centro, do Andaraí, na Zona Norte e Miguel Couto, na Zona Sul. Quatro estão em estado grave, duas com traumatismos cranianos, uma com traumatismo no tórax e outra com traumatismo no abdômem.

O secretário estadual de Transportes, Júlio Lopes, esteve no local. Ele afirmou que este bonde não teria sido submetido a reformas, segundo informações que ele teria apurado na garagem. "Faremos apuração do que aconteceu com toda transparência, inclusive com auxílio do Crea (Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura), para apurar todas as responsabilidades técnicas do que ocorreu. Foi uma fatalidade, uma tragédia. Nós já vínhamos preocupados com o funcionamento dos bondes há muito tempo, precisamos reordenar o uso do sistema, já que há muito problema nesse sentido”. Ele afirmou que o transporte com bondes está suspenso em Santa Teresa.

Maquinista diz que ônibus bateu em bonde
O maquinista Gilmar Silvério contou que pilotava o bonde antes de entregá-lo ao maquinista Nelson, que morreu no acidente. Ele relatou que enquanto pilotava o carro, houve uma colisão com um ônibus numa curva, mas que nada teria sido avariado. "Já vi muitos acidentes, mas nada igual a esse. Estou sofrendo muito porque o Nelson era meu amigo de coração. Para mim, um acidente assim é novidade. Não pode ter sido falha de freio, foi uma fatalidade. Ele não andava em velocidade alta, ele era muito lento. Se fosse comigo, nem digo nada, porque eu ando em velocidade, mas com ele, não.”

Testemunhas do acidente contaram que o bonde descarrilou dos trilhos, bateu em um poste e tombou. Antes disso, segundo as testemunhas, o bonde teria perdido o freio.

O comandante do Corpo dos Bombeiros, coronel Sérgio Simões, afirmou que apenas a perícia pode comprovar o que de fato causou o acidente. Segundo ele, há 40 agentes dos bombeiros trabalham no local.

Outros acidentes
No fim de junho, um turista francês morreu, após despencar de um bonde que passava sobre os arcos da Lapa, na região Central do Rio. De acordo com o comandante, o jovem francês teria se desequibilibrado ao tentar tirar uma foto.

A grade de segurança dos arcos não resistiu ao peso do turista e ele caiu de uma altura de 15 metros, morrendo na hora.

Em 2009, a professora Andreia de Jesus Resende, de 29 anos, foi atropelada após um acidente com um bonde que perdeu o freio numa ladeira de Santa Teresa. No acidente, o bonde foi atingido por um táxi e perdeu o freio. Ao deixar o bonde em pânico, a professora foi atropelada por um ônibus.

Alba Valéria Mendonça Do G1 RJ

Postagens populares

Miraceta 2014 de Ipirá

Miraceta 2014 de Ipirá

Seminário

Seminário

Festa em Ipirá

Festa em Ipirá

Seguidores

 
Copyright © 2014 Caboronga Notícias
Produzido Por: rede ipir@Web - Design by REDE IPW